Pesquisa

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Encontrado o tesouro perdido de Steve Jobs

 

Em 1983 Steve Jobs e sua equipe foram assistir a uma conferência em Aspen, e lá decidiram enterrar uma cápsula que poderia ser aberta pelas gerações futuras de aproximadamente 20 anos mais tarde.

No entanto, eles esqueceram onde a cápsula foi enterrada e não conseguiram seguir com o plano de abrí-la. Mas recentemente o programa de TV Diggers da National Geographic inadvertidamente descobriu esta cápsula. Nesta cápsula eles descobriram um protótipo de mouse de computador, um fardo com 6 cervejas e fotografias antigas.

a_long_lost_treasure_hidden_by_steve_jobs_640_01

a_long_lost_treasure_hidden_by_steve_jobs_640_02

a_long_lost_treasure_hidden_by_steve_jobs_640_04

a_long_lost_treasure_hidden_by_steve_jobs_640_03

Fonte: http://www.frangonerd.blog.br

sábado, 21 de setembro de 2013

Apelo a Unidade.

 
Exorto-vos, pois, eu o prisioneiro no Senhor, a andardes de modo digno da vocação a que fostes chamados: com toda humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros com amor, procurando conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. Há um só corpo e um só Espírito, assim como é uma só a esperança da vocação a que fostes chamados; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; há um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos por meio de todos e em todos.
Mas a cada um de nós foi dada a graça pela medida do dom de Cristo por isso é que se diz:
Tendo subido às alturas, levou cativo o cativeiro, concedeu dons aos homens.
Que significa “subiu, senão que ele também desceu as profundezas da terra? O que desceu é também o que subiu acima de todos os céus, a fim de plenificar todas as coisas. E ele é que “concedeu” a uns serem apóstolos, a outros profetas, a outros evangelistas, a outros pastores e doutores, para aperfeiçoar os santos em vista do ministério, para a edificação do Corpo de Cristo, até que alcancemos todos nós a unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, o estado de Homem Perfeito, a medida da estatura da plenitude de Cristo.
Assim, não seremos mais crianças, joguetes das ondas, agitados por todo vento de doutrina, presos pela artimanha dos homens e da sua astúcia que nos induz ao erro. Mas, seguindo a verdade em amor, cresceremos em tudo em direção àquele que é a Cabeça, Cristo, cujo Corpo, em sua inteireza, bem ajustado e unido por meio de toda junta e ligadura, com a operação harmoniosa de cada uma das suas partes, realiza o seu crescimento para sua própria edificação no amor.
Efésios 4, 1-16





terça-feira, 17 de setembro de 2013

Pesquisa arqueológica aponta que cacau é amazônico e não centro-americano.

Ao contrário do que se imaginava até então, o cacau é amazônico - e não centro-americano - e já era consumido há 5,5 mil anos, apontou uma pesquisa desenvolvida por vários arqueólogos equatorianos e franceses, que, por sinal, chegaram a encontrar restos de uma grande cultura no sudeste do Equador.

Este grupo encontrou evidências químicas e físicas de cacau da variedade "fino de aroma", muito apreciada atualmente pela indústria do chocolate, nos vestígios de recipientes encontrados na província de Zamora Chinchipe, na Amazônia equatoriana.

0001_a_9-13

Francisco Valdez, que dirige a missão de pesquisa na jazida Santa Ana-La Florida, no cantão Palanda de Zamora Chinchipe, declarou que o cacau foi criado na alta Amazônia e de lá, de alguma forma, foi levado à América Central.

"Na realidade, o cacau não é original dessa região, da América Central, como pensávamos até agora, pois se presume que, inclusive, há 7 mil anos ele já existia na bacia alta da Amazônia”.Diz Valdez.

Seu uso social foi iniciado há 5,5 mil anos, segundo as provas de carbono 14 em que foram submetidos os vestígios encontrados na cultura Mayo-Chinchipe-Marañón, descoberta em 2002 na região e que aparentemente se estendeu pela floresta peruana até o maior afluente da parte alta do rio Amazonas.

Na América Central, existem dados do uso do cacau, por parte da cultura Olmeca, que nos remetem há 3 mil anos, quando obteve um desenvolvimento importante e se estendeu pela Guatemala, Honduras e Nicarágua, além do México e da América do Norte.

"O cacau é amazônico e, por algum mecanismo, foi levado a esta região da América Central, onde ganhou uma importância cultural muito importante", acrescentou Valdez, que lidera o projeto em Zamora Chinchipe, com o auspício dos institutos de Patrimônio Cultural (INPC) do Equador e de Investigação para o Desenvolvimento (IRD) da França.

Para ele, a descoberta arqueológica poderia transformar a história americana como a mesma é conhecida atualmente. Segundo suas pesquisas, a cultura Mayo-Chinchipe-Marañón teve uma organização sofisticada e, aparentemente, teve relação com culturas dos Andes e da costa do Equador.

O achado de conchas marinhas (strombus e espondilus) na floresta dá conta da relação entre os povos amazônicos com os do litoral, com os quais, seguramente, trocavam produtos de cada região.

Além de outros vegetais, como a mandioca, os amazônicos também levavam cacau para o litoral, onde também floresceu a cultura Valdivia, uma das mais antigas da América do Sul e que habitou a zona tropical do Equador há cerca de 6 mil anos.

Segundo Valdez, esta e outras descobertas arqueológicas poderiam contrariar a história antiga, sobretudo a visão de que a Amazônia era selvagem e que a floresta impedia o desenvolvimento de cultivos.

A Mayo-Chinchipe-Marañón é a cultura mais antiga da Amazônia ocidental e apresenta sinais de uma sofisticação social complexa, acrescentou Valdez.

0001_a_ 17-9-13

A arqueologia também foi alvo de muitos debates na semana passada na capital equatoriana, já que a cidade abrigou o 3º Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica.

Fonte: http://www.photossintese.blog.br/

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Câmara promove videochat sobre reforma política na terça-feira - Câmara Notícias - Portal da Câmara dos Deputados

Câmara promove videochat sobre reforma política na terça-feira - Câmara Notícias - Portal da Câmara dos Deputados

Ficar aqui na internet curtindo e compartilhando aquilo que todos estão comentando no momento é muito legal.

Porém mais legal ainda é realmente participar.

Não adianta ficar só reclamando.

Cuidado, site persistente e chato: http://www.portaldosites.com/.



Acabei de me livrar de um site persistente, e seu também software persistente, que apareceram ontem (29/08/2013). O site, http://www.portaldosites.com/, estava como página inicial no meu Google Chrome, e eu não conseguia mudar para os que gosto. E o programa eu não conseguia desinstalar.
Fiquei muito chateado quando cheguei do trabalho e descobri isso, por isso compartilho com os amigos a solução que dei.
O curioso é que esse tipo de programa (que deveria se chamar problema e não programa) geralmente somos nós mesmos que o instalamos, sem querer, quando desatentos instalamos um outro, e não prestamos atenção nas opções. Vamos simplesmente clicando em instalar.
Só que no caso eu não tinha instalado nenhum programa por esses dias no meu computador.
Fui até o painel de controle e vi que ele foi instalado em um dia em que realmente nenhum outro tinha sido instalado.
Apesar de não ter conseguido descobrir como ele entrou no meu computador consegui me livrar dele:
1. Alterei as páginas iniciais nas configurações do Google Chrome (acho isso muito simples, não vou mostrar como fazer);
2. Alterei as propriedades do Google Chrome. Para isso apaguei tudo a direita do link, em “Destino”, depois (a direita) das aspas (...\chrome.exe” => Deletei tudo aqui).
clip_image002
Para abrir a janela acima, “Propriedades do Google Chrome”:
1º) Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do Google Chrome;
2º) Novamente clique com o botão direito do mouse sobre o novo ícone do Chrome que aparecerá;
3º) E por fim clique em “Propriedades”.
Veja a ilustração, dos passos acima, na imagem abaixo:
clip_image004
Com os passos acima resolvi o problema em parte, pois as páginas inicias que gosto voltaram, mas o “tal programa” continuava insistentemente instalado.
Quando tentava desinstalar ele recebia uma mensagem informando que eu não era administrador do sistema e por isso não poderia executar essa ação. O que é um absurdo.
3. Resolvi isso apagando o registro dele no Windows.
Obs.: Não vou mostrar aqui como entrar nos registros do Windows, pois não quero ninguém depois chorando por que fez o que não devia.
4. Por fim, restringi o site no próprio Windows e com isso espero não ter mais dor de cabeça com ele.
Para restringir um site:
a) No Painel de controle vá em Opções de Internet (ou Propriedades de Internet);
b) Depois, em “Sites Restritos”, digite (ou cope e cole) o site que você não quer que seja aberto no seu computador e confirme clicando em “Adicionar”.
clip_image006
Quero deixar claro que não estou escrevendo isso para me gabar, mas sim para advertir e denunciar. Assim como eu fui vítima desse site persistente, tenho a certeza de que outras pessoas também já foram e vão continuar sendo.
Infelizmente não tenho as imagens das tentativas que fiz antes de ter sucesso, por que só pensei em fazer essa postagem depois de ter resolvido o problema.
Já pesquisei e não encontrei nenhuma lista de sites persistentes. Quem souber de outros sites chatos como esse, por favor, me informe para que eu possa restringi-los antes que eles ataquem meu computador novamente.
Quem sabe não iniciamos uma lista de sites persistentes?
Fico grato a quem colaborar.

Cleber S. Lopes Jr.























sábado, 17 de agosto de 2013

Prefeito diz que mutirões democratizam prestação de serviços.

Acabei de ler uma matéria no Blog O Sarrafo referente a um comentário do nosso prefeito Jabes Ribeiro a respeito de um mutirão. Mas os comentários do blog já estavam encerrados, por isso resolvi escrever aqui no meu blog o comentário que eu iria fazer lá.



Comentário:


Concordo que os mutirões democratizam as prestações dos serviços, mas seria muito melhor não termos necessidades deles (dos mutirões). Enquanto os mutirões forem necessários, não teremos uma verdadeira democracia.

Escrevo não exatamente a respeito do mutirão que foi feito e divulgado na matéria do Blog O Sarrafo, mas em relação aos mutirões de forma geral. O mutirão da matéria apenas me chamou atenção para o problema, e me fez pensar nele.
 
Sendo a prestação de serviço falha, pode surgir alguém com uma solução, paliativa ou não (fazendo um mutirão por exemplo), para enganar o povo. Tentando se auto-promover (ou limpar o nome) as custas da miséria da população. O que seria hipocrisia.

Em outras palavras, provoca o problema, ou deixa ele acontecer, ou não tem competência para resolve-lo, mas depois aparece de bonzinho, fazendo-se passar pelo "salvador da pátria".

Por que não cuidou dos serviços antes, para não haver necessidade dos mutirões?

Especialistas em resolverem problemas são os bombeiros, médicos e advogados.

Administradores (pelo menos os bons) são especialistas em enxergarem os problemas antes deles acontecerem, e tomam medidas preventivas. Não ficam esperando eles acontecerem para depois resolve-los.

Os melhores administradores são aqueles que têm os pés no chão (presente), conseguem enxergar o futuro, e tomam as atitudes certas antecipadamente, não deixando o problema acontecer ou se agravar.

Atenção, não sou contra os mutirões, ou contra o prefeito e seus secretários, mas os mutirões são apenas paliativos, remédios que tratam do sintoma, não da doença. Em alguns momentos os mutirões são necessários devido a urgência, mas eles não são a solução. E pelos problemas alegados pelo nosso Prefeito Jabes Ribeiro, realmente é o momento de usá-los.

Inclusive prevejo que depois que a atual greve dos funcionários públicos aqui de Ilhéus terminar, um mutirão vai ser uma boa opção, para colocar os trabalhos em dia. Pelo menos uma boa opção a ser considerada.

O recado que estou querendo dar é que não devemos achar que o problema foi resolvido só por que um mutirão foi feito. Apertem a mão do prefeito, e agradeçam a ele, mas não se deixem enganar. No caso dos mutirõesa missão de Jabes só vai estar realmente cumprida quando os mutirões não forem mais necessários.

Todos sabemos que a missão de Jabes é difícil, e eu não queria estar na pele dele. Mas ele, assim qualquer outro político, sabe que todo cidadão de bem sempre vai estar ao lado dele, quanto tomadas as atitudes corretas em prol da população.

Ops, acabei escrevendo muito mais do que pretendia comentar na matéria publicada no Blog O Sarrafo, mas pelo menos acho escrevi tudo.

Recado final:

Tenhamos cuidado com as migalhas.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

sábado, 8 de junho de 2013

Brincadeira ou cabresto?

Encontrei a imagem abaixo no Facebook, não consegui deixar de comentar.

Seguem abaixo a imagem e o comentário que fiz:

993084_502689659800481_1466279548_n

“Sonho pequeno que na verdade é apenas uma espécie de cabresto para não deixar os estudantes enxergarem que na verdade o que precisamos é de livros em quantidade e a preços acessíveis a todos. Enquanto brincarem com isso, não verão a realidade, que é a falta de livros. Mas isso é culpa nossa que não sabemos votar.”

Não sei se me fiz entender no comentário, mas o que eu quis dizer é que esse tipo de brincadeira funciona como uma espécie de cortina, muito bonita, que esconde algo atrás.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Leituras do dia 7 de janeiro de 2013 (Segunda-feira)

 
Leitura (1 João 3, 22-4,6)
Leitura da primeira carta de São João - Caríssimos, qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado. Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu. Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu.
Caríssimos, não acrediteis em qualquer espírito, mas examinai os espíritos para ver se são de Deus, pois muitos falsos profetas vieram ao mundo. Este é o critério para saber se uma inspiração vem de Deus: todo espírito que leva a professar que Jesus Cristo veio na carne é de Deus; e todo espírito que não professa a fé em Jesus não é de Deus – é o espírito do anticristo. Ouviste dizer que o anticristo virá; pois bem, ele já está no mundo. Filhinhos, vós sois de Deus e vós vencestes o anticristo. Pois convosco está quem é maior do que aquele que está no mundo. Os vossos adversários são do mundo; por isso, agem conforme o mundo, e o mundo lhes presta ouvidos. Nós somos de Deus. Quem conhece a Deus escuta-nos; quem não é de Deus não nos escuta. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro. – Palavra do Senhor.
Salmo responsorial 2
Eu te darei por tua herança os povos todos.
1. O decreto do Senhor promulgarei, foi assim que me falou o Senhor Deus: / “Tu és meu Filho, e eu hoje te gerei!” / Podes pedir-me, e em resposta eu te darei por tua herança os povos todos e as nações, / e há de ser a terra inteira o teu domínio.
-R
2. E agora, poderosos, entendei; / soberanos, aprendei esta lição: / com temor servi a Deus, rendei-lhe glória / e prestai-lhe homenagem com respeito!
- R
Evangelho (Mateus 4, 12-17.23-25)
Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus - Naquele tempo, ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galileia. Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galileia, no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías: “Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galileia dos pagãos! O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz”.
Daí em diante, Jesus começou a pregar, dizendo: “Convertei-vos, por que o reino dos céus está próximo”. Jesus andava por toda a Galileia, ensinando em suas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo. E sua fama espalhou-se por toda a Síria. Levavam-lhe todos os doentes, que sofriam diversas enfermidades e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos. E Jesus os curava. Numerosas multidões o seguiam, vindas da Galileia, da Decápole, de Jerusalém, da Judeia e da região além do Jordão. – Palavra da salvação.
 
Fonte: Liturgia Diária, ano XXII, nº 253, janeiro de 2013, ano C.













A visita dos magos.

 

Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que vieram magos do Oriente a Jerusalém, perguntando: “Onde está o rei dos judeus recém-nascido? Com efeito, vimos sua estrela no céu surgir e viemos homenageá-lo”. Ouvindo isso, o rei Herodes ficou alarmado e com ele toda Jerusalém. E, convocando todos os chefes dos sacerdotes e os escribas do povo, procurou saber deles onde havia de nascer o Cristo. Eles responderam: “Em Belém da Judéia, pois é isto que foi escrito pelo profeta:

E tu, Belém és o menos entre os clãs de Judá,

pois de ti sairá um chefe

que apascentará Israel, o meu povo”.

Então Herodes mandou chamar secretamente os magos e procurou certificar-se com eles a respeito do tempo em que a estrela tinha aparecido. E, enviando-os a Belém, disse-lhes: “Ide e procurai obter informações exatas a respeito do menino e, ao encontrá-lo, avisai-me para que também eu vá homenageá-lo”. A essas palavras do rei, eles partiram. E eis que a estrela que tinham visto no céu surgir ia à frente deles até que parou sobre o lugar onde se encontrava o menino. Eles, revendo a estrela, alegraram-se imensamente. Ao entrar na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o homenagearam. Em seguida, abriram seus cofres e ofereceram-lhe presentes: ouro, incenso e mirra. Avisados em sonho que não voltassem a Herodes, regressaram por outro caminho para a sua região.

Mateus 2, 1-12

Paulo, ministro do ministério de Cristo.

 

Por essa razão, eu, Paulo, o prisioneiro de Cristo por amor de vós, os gentios... Certamente sabeis da dispensação da graça de Deus que me foi dada a vosso respeito. Por revelação me foi dado a conhecer o mistério, como atrás vos expus sumariamente: lendo-me, podeis compreender a percepção que tenho do mistério de Cristo. Às gerações e aos homens do passado este Mistério não foi dado a conhecer, como foi agora revelado aos seus santos apóstolos e profetas, no Espírito: os gentios são co-herdeiros, membros do mesmo corpo e co-participantes da Promessa em Cristo Jesus, por meio do evangelho. Desse evangelho me tronei ministro, pelo dom da graça de Deus que me foi concedida pela operação do seu poder. Amim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar aos gentios a insondável riqueza de Cristo e de pôr em luz a dispensação do mistério oculto desde os séculos em Deus, criador de todas as coisas, para dar agora a conhecer aos Principados e às Autoridades nas regiões celestes, por meio da igreja, a multiforme sabedoria de Deus, segundo o desígnio preestabelecido desde a eternidade e realizado em Cristo Jesus nosso Senhor, por quem ousamos nos aproximar com toda confiança pelo caminho da fé em Cristo. Por isso vos peço que não vos deixeis abater por causa das minhas tribulações por vós, o que para vós deve ser motivo de glória.

 

Efésios 3, 1-13

SALMO 72 (71)

 

O rei prometido

 

Ó Deus, concede ao rei teu julgamento

e a tua justiça ao filho do rei;

que ele governe teu povo com justiça,

e teus pobres conforme o direito.

 

Montanhas e colinas,

trazei a paz ao povo.

Com justiça ele julgue os pobres do povo,

salve os filhos do indigente

e esmague seus opressores.

 

Que dure sob o sol e a lua,

por geração de gerações;

que desça como chuva sobre a erva roçada,

como chuvisco que irriga a terra.

 

Que em seus dias floresça a justiça

e muita paz até ao fim das luas,

que domine de mar a mar,

desde o rio até os confins da terra.

 

Diante dele a Fera se curvará

e seus inimigos lamberão o pó;

os reis de Társis e das ilhas

vão trazer-lhe tributo.

 

Os reis de Sabá e Sebá

lhe pagarão tributo;

todos os reis se prostrarão diante dele,

as nações todas o servirão.

 

Pois ele liberta o indigente que clama

e o pobre que não tem protetor;

tem compaixão do fraco e do indigente,

e salva a vida dos indigentes.

 

Ele os redime da astúcia e da violência,

o sangue deles é valioso aos seus olhos.

(Que ele viva e lhe seja dado o ouro de Sabá!)

Que orem por ele continuamente!

Que o bendigam todo o dia!

 

Haja abundância de trigo pelo campo

e tremulem sobre o topo das montanhas,

como o Líbano com suas flores e frutos,

como a erva da terra.

 

Que seu nome permaneça para sempre,

e sua fama dure sob o sol!

Nele sejam abençoadas as raças todas da terra,

e todas as nações o proclamem feliz!

 

Bendito seja Iahweh, o Deus de Israel,

porque só ele realiza maravilhas!

Para sempre seja bendito o seu nome glorioso!

Que toda a terra se encha com sua glória!

Amém! Amém!

 

Fim da orações de Davi, filho de Jessé.

Esplendor de Jerusalém.

 

Põe-te em pé, resplandece,

porque tua luz é chegada,

a glória de Iahweh raia sobre ti.

Com efeito, as trevas cobrem a terra,

a escuridão envolve as nações.

mas sobre ti levanta-se Iahweh

e sua glória aparece sobre ti.

As nações caminharão na tua luz,

e os reis, no clarão do teu sol nascente.

Ergue os olhos em torno e vê:

todos eles se reúnem e vêm a ti.

Teus filhos vêm de longe,

tuas filhas são carregadas sobre as ancas.

Então verás e ficarás radiante;

o teu coração estremecerá e se dilatará,

porque as riquezas do mar afluirão a ti,

a ti virão os tesouros das nações.

Uma horda de camelos te inundará,

os camelinhos de Madiã e Efa;

todos virão de Sabá,

trazendo ouro e incenso

e proclamando os louvores de Iahweh.

 

Isaías 60, 1-6

sábado, 5 de janeiro de 2013

Jesus encontra Filipe e Natanel.

 

No dia seguinte, Jesus resolveu partir para a Galiléia e encontrou Filipe. Jesus lhe disse: “Segue-me”. Filipe era de Betsaida, a cidade de André e de Pedro.

Filipe encontra Natanel e lhe diz: “Encontramos aquele de quem escreveram Moisés, na Lei, e os profetas: Jesus, o filho de José, de Nazaré”. Perguntou-lhe Natanel: “De Nazaré pode sair algo de bom?” Filipe lhe disse: “Vem e vê”. Jesus viu Natanel vindo até ele e disse a seu respeito: “Eis verdadeiramente um israelita em quem não há fraude”. Natanel lhe disse: “De onde me conheces?” Respondeu-lhe Jesus: “Antes que Filipe te chamasse, eu te vi quando estavas sob a figueira”. Então Natanel exclamou: “Rabi, tu és o filho de Deus, tu és o Rei de Israel”. Jesus lhe respondeu: “Crês, só por que te disse: ‘Eu te vi sob a figueira’? Verás coisas maiores do que essas”. E lhe disse: “Em verdade, em verdade, vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem”.

João 1, 43-51

SALMO 100 (99)

 

Convite Ao louvor

 

Aclamai a Iahweh, terra inteira,

servi a Iahweh com alegria,

Ide a ele com gritos jubilosos!

 

Sabei que Iahweh é Deus,

ele nos fez a ele pertencemos,

somos seu povo, o rebanho do seu pasto.

 

Entrai por suas portas dando graças,

com cantos de louvor pelos seus átrios,

celebrai-o, bendizei o seu nome.

 

Sim! porque Iahweh é bom:

o seu amor é para sempre,

e sua verdade de geração em geração.

Observar os mandamentos especialmente o da caridade.

 

Porque está é a mensagem

que ouvistes desde o início:

que nos amemos uns aos outros,

não como Caim,

que, sendo do Maligno, matou o seu irmão.

E por que o matou?

Porque suas obras eram más,

ao passo que as do seu irmão eram justas.

Não vos admireis, irmãos,

se o mundo vos odeia.

Nós sabemos que passamos da morte para a vida,

porque amamos os irmãos.

Aquele que não ama permanece na morte.

Todo aquele que odeia seu irmão é homicida;

e sabeis que nenhum homicida

tem a vida eterna permanecendo nele.

Nisto conhecemos o Amor:

ele deu sua vida por nós.

E nós também devemos dar nossa vida pelos irmãos.

Se alguém, possuindo os bens deste mundo,

vê seu irmão na necessidade

e lhe fechar as entranhas,

como permaneceria nele o amor de Deus?

Filhinhos,

não amemos com palavras nem com a língua,

mas com ações e em verdade.

Nisto saberemos que somos da verdade,

e diante dele tranquilizaremos o nosso coração,

se o nosso coração vier a nos condenar,

porque Deus é maior que o nosso coração[

e conhece todas as coisas.

Amados,

se nosso coração não nos condena,

temos confiança diante de Deus;

 

1 João 3, 11-21

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Os primeiros discípulos.

 

No dia seguinte, João se achava lá de novo, com dois de seus discípulos. Ao ver Jesus que passava, disse: “Eis o Cordeiro de Deus”. Os dois discípulos ouviram-no falar e seguiram Jesus. Jesus voltou-se e, vendo que eles o seguiam, disse-lhes: “Que procurais?” Disseram-lhe: “Rabi (que, traduzindo, significa Mestre), onde moras? Disse-lhes: “Vinde e vede”. Então eles foram e viram onde morava, e permaneceram com ele aquele dia. Era a hora décima, aproximadamente.

André, o irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. Encontra primeiramente seu próprio irmão Simão e lhe diz: “Encontramos o Messias (que quer dizer Cristo)”. Ele o conduziu a Jesus. Fitando-o, disse-lhes: “Tu és Simão, filho de João; chamar-te-ás Cefas” (que quer dizer Pedra).

João 1, 35-42

SALMO 98 (97)

 

O juiz da terra

 

Cantai a Iahweh um cântico novo,

pois ele fez maravilhas,

a salvação lhe veio de sua direita,

de seu braço santíssimo.

 

Iahweh fez conhecer sua vitória,

revelou sua justiça aos olhos das nações:

lembrou-se do seu amor e fidelidade

em favor da casa de Israel.

 

Os confins da terra contemplaram

a salvação do nosso Deus.

Aclamai a Iahweh, terra inteira,

daí gritos de alegria.

 

Tocai para Iahweh com a harpa

e o som dos instrumentos;

com trombetas e o som da corneta

aclamai ao rei Iahweh!

 

Estronde o mar e o que ele contém,

o mundo e os seus habitantes;

batam palmas os rios todos

e as montanhas gritem de alegria

diante de Iahweh, pois ele vem

para julgar a terra:

ele julgará o mundo com justiça

e os povos com retidão!

Primeira Epístola de São João 3, 7-10

 

Filhinhos,

que ninguém vos desencaminhe.

O que pratica a justiça é justo,

assim como ele é justo.

Aquele que comete o pecado é do diabo,

porque o diabo é pecador desde o princípio.

Para isto é que o Filho de Deus se manifestou:

para destruir as obras do diabo.

Todo aquele que nasceu de Deus não comete pecado,

porque sua semente permanece nele;

ele não pode pecar

porque nasceu de Deus.

Nisto são reconhecíveis

os filhos de Deus e os filhos do diabo:

todo o que não pratica a justiça

não é de Deus,

nem aquele que não ama o seu irmão.

 

1 João 3, 7-10

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

SALMO 97 (98)

 

Iahweh triunfante

 

Iahweh é rei! Que a terra exulte,

as ilhas numerosas fiquem alegres!

Envolvem-no Trevas e Nuvens,

Justiça e Direito sustentam seu trono.

 

À frente dele avança o fogo,

devorando seus adversários ao redor;

seus relâmpagos iluminam o mundo

e, vendo-os, a terra estremece.

 

As montanhas se derretem como cera

frente ao Senhor da terra inteira;

o céu proclama sua justiça

e os povos todos vêem sua glória.

 

Os escravos de ídolos se envergonham,

aqueles que se gabam dos vazios;

à sua frente todos os deuses se prostram.

 

Sião ouve e se alegra,

e as filhas de Judá exultam

por teus julgamentos, ó Iahweh.

 

Sim, pois tu és Iahweh,

o Altíssimo sobre a terra inteira,

mais elevado que todos os deuses.

 

Iahweh ama quem detesta o mal,

ele guarda a vida dos seus fies

e da mão dos ímpios os liberta.

 

A luz se levanta para o justo,

e a alegria para os corações retos.

Ó justos, alegrai-vos com Iahweh

e celebrai sua memória sagrada!

Viver como filhos de Deus.

 

Se sabeis que ele é justo,

reconhecei que todo aquele

que pratica a justiça

nasceu dele.

Vede que manifestação de amor nos deu o Pai:

sermos chamados filhos de Deus.

E nós o somos!

Se o mundo não nos conhece,

é por que não o conheceu.

Amados,

desde já somos filhos de Deus,

mas o que nós seremos

ainda não se manifestou.

Sabemos que por ocasião desta manifestação

seremos semelhantes a ele,

porque o veremos tal como ele é.

 

Todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo

como também ele é puro.

Todo o que comete pecado

comete também a iniquidade,

porque o pecado é a iniquidade.

Mas sabeis que ele se manifestou

para tirar os pecados

e nele não há pecado.

Todo aquele que permanece nele não peca.

Todo aquele que peca

não o viu nem o conheceu.

 

1 João 2, 29-3,6

BlogBlogs.Com.Br